O povo da ilha de Creta

Análises de DNA desvendam origem do povo da ilha de Creta

REINALDO JOSÉ LOPES – COLABORAÇÃO PARA A FOLHA – 21-5-2013

A civilização mais antiga da Europa acaba de perder parte da sua aura de mistério, graças a análises de DNA.

 Os novos dados genéticos sugerem que os minoicos, construtores de palácios na ilha de Creta, eram aparentados aos atuais habitantes da Grécia e a outros mediterrâneos, como os portugueses. O resultado surpreende porque, desde a descoberta dos palácios minoicos no começo do século passado, os arqueólogos tendiam a enxergar a civilização de Creta como totalmente diferente dos gregos que vieram depois. Para o britânico Sir Arthur John Evans (1851-1941), responsável por escavar a metrópole cretense de Knossos, a arte e a arquitetura do lugar sugeriam influências do Egito e da Líbia. Apesar disso, Evans batizou os construtores de Knossos com um nome inspirado na mitologia grega. É que Minos, para os gregos, era o nome de um rei mítico de Creta, e as salas do palácio de Knossos lembravam, para Evans, o labirinto no qual, segundo o mito, vivia o Minotauro, monstro com cabeça de touro e corpo humano. Pinturas minoicas mostram uma espécie de tourada, na qual acrobatas saltavam por cima dos animais. Estudos posteriores mostraram que a civilização floresceu de 2700 a.C. a 1500 a.C.

 

SEGREDOS DO LABIRINTO

Lab 7 circuitos Este labirinto de sete circuitos remonta a 1500 AC na Grécia. Um único caminho contínuo até o centro. Este mesmo desenho foi encontrado na Europa (Irlanda, Dinamarca, Suécia e Finlândia) e entre o Norte e as tribos indígenas da América do Sul, assim como no Paquistão, Índia, África e Austrália. Este labirinto parece ter uma habilidade mágica para cruzar culturas e épocas. Ela foi usada por xamãs para a cura, em celebrações sazonais, caminhada, dança sobre os caminhos e no centro. Um caminho para meditação e a busca da harmonia, da paz e da felicidade.

Anúncios

Uma resposta para O povo da ilha de Creta

  1. Pingback: Segredos do labirinto | LABIRINTOBR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s